Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 51

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 52

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 53

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 54

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 55

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 56

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 57
Guarujá

Publicado em 17 julho, 2015 | por Marina Cavalcante

0

Servidor municipal organiza federação

 

Plenária no Sindserv Guarujá e presidenta do sindicato, Márcia Rute, em fotos de Paulo Passos

Dezessete sindicatos de funcionários públicos municipais reuniram-se em Guarujá, no Sindserv, na manhã desta sexta-feira (17), para impulsionar a federação estadual da categoria na região.

Fundada em 2006, a Fesspmesp (federação dos sindicatos dos servidores públicos municipais) tem 135 entidades filiadas e representa o funcionalismo de 180 cidades, o que corresponde a 28% do estado.

“É um número significativo”, diz a presidenta do sindicato guarujaense, Márcia Rute Daniel Augusto, “levando em conta apenas oito anos e alguns meses de atividades”.

Uma das preocupações dos organizadores da federação, segundo a sindicalista, está em “seguimentos infiltrados nas bases com ideias de desmembramentos de sindicatos, o que enfraquece as representações”.

A solidariedade entre os sindicatos, durante as campanhas salariais em cada cidade e região, também faz parte dos projetos da federação, inclusive com disponibilidade de carros de som e militantes.

Organização

Para facilitar sua organização, a Fesspmesp foi dividida em quatro macrorregiões e 14 regionais. A regional do Guarujá integra a macrorregião número um, junto com Mauá e Aparecida.

As cidades componentes dessa macrorregião, além de Guarujá, são Bertioga, Iporanga, Itapetininga, Mairinque, Mongaguá, Peruíbe, Praia Grande, Salto de Pirapora, São Roque e São Vicente.

Nessa macrorregião, segundo Márcia Rute, há 36 cidades ainda não filiadas: “Visitaremos uma por uma e tornaremos a federação cada vez mais forte para as lutas gerais da categoria”.

A macrorregião dois reúne as regionais quatro e cinco, localizadas em Itu e Mogi Guaçu. A macrorregião três, por outro lado, agrupa as quatro regiões de Itapuí, Araçatuba, Martinópolis e Marília.

As regionais de Pontal, Votuporanga, Taquaritinga, Bebedouro e Guaíra formam a macrorregião quatro. A diretoria da federação estima entre 4 milhões e 5 milhões o número de servidores municipais em São Paulo.

Além de Guarujá, participaram da reunião desta sexta presidente e diretores dos sindicatos de Aparecida, Arujá, Barueri, Canas, Caraguatatuba, Cruzeiro, Itaquaquecetuba e Itu.

Mais: Lorena, Mauá, Monteiro Lobato, Peruíbe, Pinhal, Praia Grande, São Vicente e Ubatuba. Encontros como esse vêm sendo feitos em outros pontos do estado.

021

Tags: ,



Comments are closed.

Voltar ao topo ↑