Artigos WhatsApp Image 2019-11-28 at 14.00.01

Publicado em 2 dezembro, 2019 | por Marina Cavalcante

0

Pelos concursos, contra a terceirização

Por Zoel Garcia Siqueira
Nossa região foi mais uma vez alvo da policia federal, agora com a operação ‘cadeia alimentar II’, apurando desvio de verbas públicas da merenda escolar em vários municípios, inclusive Guarujá.
Acredito muito na justiça e creio que os culpados serão por ela atingidos. Não vou aqui declarar quem errou ou não, mas afirmo que os setores terceirizados são os que mais sofrem corrupção.
Digo isso com a experiência de homem público, hoje sindicalista, após acompanhar várias atuações da polícia e da justiça federal, além dessa operação específica das merendas.
No governo de Michel Temer, o processo de terceirização no setor público sofreu grande avanço, permitindo que vários segmentos da administração terceirizassem sua mão de obra.
Ou melhor, que trocassem o concurso público por empresas terceirizadas, com a justificativa de melhor gestão e também diminuição de gastos com as folhas de pagamento.
]
Em razão disso, hoje percebemos, em todo o país, que, nas áreas da saúde, educação e obras, entre outras, o processo de contratação por empresas terceirizadas está em franca escalada.
Curiosamente, essas empresas são as que mais se envolvem em corrupção, como vemos agora com a operação ‘cadeia alimentar II’, relacionada à merenda escolar nos municípios.
Há também denúncias nos setores da saúde, coleta de lixo, manutenção, limpeza, obras e por aí afora. As terceirizadas são verdadeiras máquinas de fazer dinheiro.
Como presidente do sindicato dos funcionários públicos da prefeitura de Guarujá, digo ‘não’ às terceirizações e ‘sim’ aos concursos públicos em todas as áreas da administração.
Zoel é professor, formado em sociologia e presidente do Sindserv (sindicato dos servidores municipais) Guarujá



Comments are closed.

Voltar ao topo ↑