Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 51

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 52

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 53

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 54

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 55

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 56

Warning: A non-numeric value encountered in /home/sindservguaruja/www/wp-content/themes/gonzo/single.php on line 57
Serviços no image

Publicado em 8 abril, 2015 | por Marina Cavalcante

0

Prefeitura de Guarujá propõe reajuste de 7,14% ao servidor

 

Proposta será votada em assembleia do Sindserv, às 19 horas desta quinta-feira

A correção de 7,14% no salário dos mais de 6 mil servidores municipais de Guarujá, proposta pela prefeitura na manhã desta quarta-feira (8), será votada em assembleia da categoria, nesta quinta (9), às 19 horas.

O documento entregue à presidenta Márcia Rute Daniel Augusto, demais diretores do Sindserv e comissão de base prevê ainda reajuste de 8,33% no auxílio alimentação, elevando-o para R$ 520.

A proposta, entregue pelos secretários municipais de administração e finanças, Juliano Oliveira de Souza e Armando Luiz Palmieri, prevê a incorporação do abono salarial de 2014 até agosto próximo.

O abono, de R$ 200, lembra Márcia Rute, foi concedido na difícil campanha salarial do ano passado, que se arrastou da data-base de abril até o início de agosto.

A proposta que será votada na assembleia desta quinta eleva ainda o salário família para R$ 30, reajuste de 50%. O salário consorte, por sua vez, com reajuste de 10% passará para R$ 22.

A prefeitura garante ainda o encaminhamento, à câmara municipal, de projeto de lei reajustando os adicionais de insalubridade e periculosidade.

Cláusulas sociais

As cláusulas sociais têm um calendário com as primeiras negociações. Sempre das 9 às horas, elas começarão na segunda-feira (3), sobre os professores da secretaria de educação.

Na terça-feira (14), será a vez da fiscalização. Na quarta (15), previdência social. Na quinta (16), secretaria de saúde. Na sexta (17), pessoal da segurança (sedecon).

Na semana seguinte, em 22 de março (quarta-feira), assistência social (sedeas). Dia 23 (quinta), secretaria de educação (seduc). Dia 24 (sexta), categorias diversas.

Depois, em 27 de março (segunda-feira), será a vez das reivindicações gerais. Finalmente, no dia 28 (terça), o tema da negociação será a incorporação do abono.



Comments are closed.

Voltar ao topo ↑